VATICANO: a propósito da suposta renúncia do Papa Francisco

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

O Papa garante que o seu problema de saúde é no joelho e desmente que esteja com cancro, ou sequer que pense em renunciar, pelo menos nesta fase.

Em entrevista à Reuters, Francisco garante que “quando chegar o tempo em que vir que já não sou capaz…farei isso”, sublinhando que esse foi um grande exemplo deixado pelo Papa Bento XVI quando fez essa escolha em 2013.

Ao canal se streaming ViX, também referiu que “Se vejo que não posso [continuar] ou faço mal ou sou um obstáculo”, espero “ajuda” para tomar a decisão de retirar-se e, quando esse dia chegar, ele prefere ser considerado “um simples bispo emérito deRoma em vez de papa emérito”, declarou.