VATICANO: Cardeal Tolentino Mendonça “ministro” da Cultura e Educação no Vaticano

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

O cardeal português, de 56 anos, desempenhavas as funções de arquivista e bibliotecário do Vaticano.

A escolha do Papa tornou-se oficial esta segunda-feira. “O Santo Padre nomeou Prefeito do Dicastério para a Cultura e Educação o cardeal José Tolentino de Mendonça”, informa o boletim do Vaticano desta segunda-feira.

O novo organismo resulta da reforma da Cúria, promovida pelo Papa Francisco, e reúne as responsabilidades que até agora estavam atribuídas à Congregação da Educação Católica e ao Conselho Pontifício para a Cultura.

Com esta nomeação o até agora Arquivista e Bibliotecário do Vaticano vai passar a ser uma espécie de “ministro” da educação e cultura da Santa Sé, ficando com a tutela da rede escolar católica do mundo inteiro – que inclui 1.360 universidades católicas e 487 universidades e faculdades eclesiásticas, num total de 11 milhões de alunos, mais 217 mil outras escolas, frequentadas por 62 milhões de crianças.

Neste novo cargo, Tolentino Mendonça irá também coordenar o diálogo da Igreja universal com o mundo da cultura.

O cardeal madeirense, de 56 anos, vai substituir no ex-Conselho Pontifício para a Cultura o cardeal Gianfranco Ravasi, que completa os 80 anos em outubro, e na ex-Congregação da Educação Católica o cardeal Giuseppe Versaldi, que fez 79 anos em julho.

In Renascença

Foto: Fabio Frustraci/EPA