Traziam-lhe todos os doentes – Celebração Familiar para o V domingo comum

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

A Igreja não fecha porque os lugares de culto fecham. Nós todos somos Igreja onde quer que estejamos! E com este novo confinamento, mais uma vez nos é dada a oportunidade de revalorizar as nossas “Igrejas domésticas”, as famílias.

A paróquia de Pinhel, junto com a paróquia do Fundão, a unidade Pastoral da Gardunha e as edições salesianas, continuam a elaborar semanalmente uma Celebração Familiar para as famílias poderem celebrar o dia do Senhor nos seus lares em tempos de confinamento.

Para o dia 7 de fevereiro, o V domingo do tempo comum, a celebração Familiar já está disponível e pode descarregar AQUI

 

Celebrações telemáticas ou em streaming

Sem dúvida que assistir à celebração da Eucaristia através de meios telemáticos ou digitais, impedidos que estamos de celebrar presencial e comunitariamente, é uma boa oportunidade para os cristãos. Recorda-se, porém, que, caso o faça, deve fazê-lo com espírito de quem participa activamente, repetindo em casa as respostas e gestos próprios da celebração.

Comunhão espiritual

A paróquia lembra que também é possível comungar de modo sacramental e de modo espiritual. Na impossibilidade de comungar o Senhor na Hóstia Consagrada, pode fazer-se uso da comunhão espiritual, que é um acto de desejo interior, consciencioso e sério, de receber a Sagrada Comunhão e, mais especificamente, de unir-se ao Senhor.

A celebração familiar proposta, prevê esse momento de comunhão espiritual.