SÍNODO: Francisco decide prolongar até outubro de 2014 o sínodo sobre a sinodalidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Esta manhã de domingo, dia 16 de outubro, no final do Angelus dominical, o Santo Padre anunciou que a próxima XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos terá lugar em duas sessões, com um ano de intervalo: a primeira de 4 a 29 de outubro de 2023, a segunda em outubro de 2024. Para essa decisão, o Papa Francisco invocou a Constituição Apostólica Episcopalis Communio, que contempla esta possibilidade (cf. o artigo 3).
Esta decisão decorre do desejo de que o tema da Igreja Sinodal, devido à sua amplitude e importância, possa ser objeto de um discernimento prolongado não só pelos membros da Assembleia Sinodal, mas por toda a Igreja.
Além disso, esta escolha está em continuidade com o atual percurso sinodal, ao qual o próprio Papa referiu-se esta manhã. O Sínodo não é um acontecimento, mas um processo, no qual todo o Povo de Deus é chamado a caminhar juntos em direção áquilo que o Espírito Santo o ajuda a discernir como sendo a vontade do Senhor para a sua Igreja.
Assim, a Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos assumirá também uma dimensão processual, configurando-se como “um caminho no caminho”, a fim de promover uma reflexão mais amadurecida para o maior bem da Igreja.