Papa João Paulo I será beatificado em 2022

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Albino Luciani, que foi eleito Papa João Paulo I em 1978, será beatificado até ao final do ano de 2022, pois foi reconhecido um milagre atribuído à sua intercessão. Trata-se da cura de uma menina de onze anos, em Buenos Aires, no dia 23 de julho de 2011, que sofria de “encefalopatia inflamatória aguda grave, doença epilética refratária maligna, choque séptico” e que estava em fim de vida.

João Paulo I governou a Santa Sé durante apenas 33 dias, entre 26 de agosto de 1978 até a data da sua morte e tornou-se rapidamente conhecido na Cúria Romana pelo apelido de “Papa do Sorriso“, por causa da sua afabilidade.

Foi o primeiro Papa desde Clemente V a recusar uma coroação formal, cerimónia não oficialmente abolida, ficando a cargo do eleito escolher como quer iniciar seu pontificado. Contudo, desde então, os papas eleitos têm optado por uma cerimónia de “início do pontificado”, com a respectiva entronização e o juramento de fidelidade, sem mais pompas. Também não aceitava ser carregado em uma liteira como os anteriores papas, por uma questão de humildade. Foi proclamado Venerável no dia 7 de Novembro de 2017