Morreu o padre Vítor Feytor Pinto, oriundo da diocese da Guarda

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Morreu no passado dia 6 de outubro, em Lisboa, o padre Vítor Feytor Pinto. O sacerdote, de 89 anos, que esteve ligado durante grande parte da sua vida à pastoral da Saúde e estava com a saúde fragilizada há vários meses, mesmo depois de ter recuperado da Covid-19, era oriundo da diocese da Guarda.

O padre Vítor foi responsável pela paróquia de Campo Grande, no Patriarcado de Lisboa, e coordenou, durante vários anos, a Pastoral da Saúde em Portugal.

Foi Assistente Nacional e Diocesano da Associação Católica de Enfermeiros e Profissionais de Saúde (ACEPS), Assistente Diocesano dos Médicos Católicos e Assistente Diocesano da Associação Mundial da Federação dos Médicos Católicos (AMCP), além de ter sido fundador do Movimento de Defesa da Vida, em Lisboa.