IGREJA: Morreu D. Daniel Batalha Henriques, bispo auxiliar de Lisboa

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Morreu esta sexta-feira de madrugada D. Daniel Batalha Henriques. O bispo auxiliar de Lisboa, que estava internado em cuidados paliativos por doença oncológica, tinha 56 anos.

O Cardeal Patriarca de Lisboa sublinha a forma como D. Daniel Henriques viveu a doença que o vitimou, e o exemplo que deixa. “Já estava doente há uns três anos, doença grave, mas quem não soubesse não daria por isso, tal era a paz com que ele vivia esses tempos e até os tratamentos que foi sempre fazendo”, afirma D. Manuel Clemente, que destaca “o seu sentido de serviço e o gosto de estar com todos, o acompanhamento que fazia a padres e leigos, sem esquecer nenhum nem ninguém. Aliás, uma das últimas ações que realizou foram crismas na Alemanha para os nossos emigrantes”.

“Morreu em paz. Estas duas últimas semanas de hospitalização foram também muito edificantes para quem ainda pôde contactar com ele, e só tenho que dar graças a Deus por o ter tido como colaborador, e com a certeza que continua a colaborar connosco”, refere ainda o Cardeal.

D. Daniel Batalha Henriques nasceu em Santo Isidoro, Mafra, a 30 de março de 1966. Entrou no Seminário de Almada em 1982 e concluiu a sua formação no Seminário dos Olivais, em 1989. Foi ordenado sacerdote no ano seguinte pelo então Cardeal Patriarca D. António Ribeiro, no Mosteiro dos Jerónimos.

A sua primeira nomeação, ainda em 1990, foi para membro da equipa sacerdotal formadora do Seminário de São Paulo, em Almada. Era cónego do Cabido da Sé de Lisboa desde 2011, e foi diretor espiritual do Seminário de Cristo Rei dos Olivais e responsável pelo Serviço de Animação Missionária do Patriarcado de Lisboa.

No seu percurso como sacerdote foi pároco da Ramada, Famões, Algés e Cruz Quebrada, e vigário em Loures, Oeiras e Torres Vedras, onde dirigiu as paróquias de São Pedro e São Tiago, Santa Maria e São Miguel. Quando foi ordenado bispo auxiliar de Lisboa, em novembro de 2018, D. Daniel Henriques tinha a seu cargo a paróquia de Nossa Senhora da Oliveira de Matacães.

mais em Renascença