GUERRA: dia 25 de março Pinhel reza pela Paz unindo-se ao Papa

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

No dia em que o Papa vai consagrar a Rússia e a Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria, dia 25 de março, sexta-feira, a paróquia de Pinhel vai juntar-se com o objectivo de rezar pela paz no mundo, mas com olhos postos especialmente na Ucrânia.

A vigília, que vai decorrer na Igreja de S. Luís pelas 21h, vai contar com a presença de alguns refugiados ucranianos que a comunidade acolheu e está previsto que usem da palavra para dar seu testemunho.

CONSAGRAÇÃO DA RÚSSIA E UCRÂNIA

O Papa Francisco anunciou que, no dia 25 de março, sextafeira próxima, Solenidade da Anunciação, em celebração da Penitência, na Basílica de S. Pedro, Roma, vai consagrar a Rússia e a Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria, e envia a Fátima um Cardeal, seu delegado para presidir, neste Santuário, também à mesma Consagração. Além disso, pede aos Bispos de todo o mudo, seus Presbíteros e Dioceses que se associem a este ato solene de Consagração.

Na Diocese da Guarda, está prevista para a tarde desse mesmo dia, na , às 17h00 um tempo de oração, com Exposição do Santíssimo Sacramento, Celebração Penitencial e possibilidade do Sacramento da Reconciliação; a seguir (18h00), Celebração da Eucaristia, na Solenidade da Anunciação.

Na IV Aparição aos três Pastorinhos, em julho de 1917, Nossa Senhora de Fátima pediu a consagração da Rússia ao seu Imaculado Coração, que finalmente triunfará, disse ela. Mais acrescentou que, se o não fizermos, a Rússia espalhará os seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições e várias nações serão aniquiladas. Por sua vez, o Arcebispo de Lviv, na Ucrânia, imediatamente a seguir à invasão do seu país pela Rússia, em 24 de fevereiro último, entendeu que estas palavras de Nossa Senhora se estavam a cumprir e, por isso, pediu a visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima, que, neste momento, percorre a sua diocese, durante um mês.