Suspendem-se as missas “públicas”, mas não se suspende a fé

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Em comunicado, a Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) determinou hoje “a suspensão da celebração ‘pública’ da Eucaristia a partir de 23 de janeiro de 2021″, próximo sábado.

Além da suspensão das missas, está também determinada “a suspensão de catequeses e outras atividades pastorais que impliquem contacto, até novas orientações.” No que diz respeito aos funerais, refere que “as exéquias cristãs devem ser celebradas de acordo com as orientações da Conferência Episcopal de 8 de maio de 2020 e das autoridades competentes”. Tudo isso foi validado por carta do nosso bispo neste mesmo dia.

A unidade pastoral de Pinhel informa que nesta unidade serão cumpridas estas indicações até novas ordens, tal como previsto, a partir de sábado, dia 23.

No entanto, tal como foi feito por ocasião do confinamento em Março, o pároco e os agentes pastorais desta unidade pastoral irão procurar manter alguma proximidade pastoral, a que for possível, de modo que os fieis possam ir alimentando a fé e a intimidade com Deus num momento de grande fragilidade em todo o país e particularmente nesta região.

Nesse sentido, será criada uma Celebração Familiar já para este III domingo do tempo comum, dia 24 de janeiro, em conjunto com as edições salesianas e as paróquias que fizeram parte deste projecto desde o início. Ficará disponível no site da paróquia.

A comunicação enviada por correio electrónico informa que se irão tentar encontrar outros espaços e alternativas que auxiliem a oração, sobretudo através dos meios que, neste momento e ao contrário de Março, já estão ao dispor: o site paroquial (https://paroquiadepinhel.com/) e a página de facebook da paróquia (https://www.facebook.com/paroquiadepinhel).

O pároco, o padre Jorge Castela, continuará a celebrar a Eucaristia diária, de  modo privado, na capela improvisada que foi adaptada no Centro Pastoral. Quem quiser colocar as fotos das famílias junto ao Senhor no Sacrário, tal como já lá estão colocadas muitas outras, poderá enviá-las por email ou através do messenger da paróquia.

Estas Eucaristias poderão ser celebradas pelas intenções de quem o pretender, sem qualquer tipo de custos. Quem estiver interessado, basta enviar a indicação da intenção que quer colocar, via mail, ou contactar telefonicamente a paróquia.