CONCÍLIO: a 11 de outubro celebram-se 60 anos do início do Concílio Vaticano II

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Completam-se esta terça-feira, 11 de outubro, 60 anos sobre a cerimónia de abertura que deu início àquele que, pelo seu impacto, é talvez o maior acontecimento da Igreja Católica no século XX: o Concílio Vaticano II (1962-1965).

Para trás estavam três anos de preparação, desde que o “bom Papa João” anunciara a uns atónitos cardeais a ideia de convocar um concílio, em 1959. A procissão de centenas e centenas de bispos de todo o mundo serpenteava pela Praça de S. Pedro, perante milhares de fiéis presentes e milhões de outros assistindo pela televisão em direto (apenas na Europa).

Além dos bispos, encontravam-se representantes de outras igrejas, de movimentos e de dezenas de governos de diferentes partes do planeta. A acompanhar muitos dos bispos (não foi o caso dos que lá estiveram de Portugal), encontravam-se também dezenas de “peritos”, na sua maioria teólogos, que assessoravam e aconselhavam os chamados “padres conciliares”.

A secretaria geral do Sínodo dos Bispos escreveu uma mensagem por ocasião deste 60º aniversário da abertura do II Concílio do Vaticano II (11 de outubro de 1962 – 11 de outubro de 2022) onde realça que o magistério conciliar está “longe” de ser cumprido, mas é um “processo contínuo”. “Este objetivo está longe de estar cumprido, uma vez que a receção do magistério conciliar é um processo contínuo, e em alguns aspetos ainda está no início”, lê-se no documento.

O 60º aniversário da abertura do II Concílio do Vaticano é um “momento de particular graça” também para o sínodo, que representa “um fruto daquela assembleia ecuménica, na verdade um dos «legados mais preciosos»”, realça o documento.

O «Synodus Episcoporum», foi instituído por São Paulo VI no início do quarto e último período do Concílio (15 de setembro de 1965), indo ao encontro “dos pedidos feitos por numerosos padres conciliares”.

O Papa Francisco vai presidir hoje a uma celebração, às 17h00 (hora de Roma), na memória de São João XXIII e deste 60º aniversário. A celebração eucarística vai decorrer na Basílica de São Pedro.

 

em 7Margens e Agência Ecclesia