Paróquia do Bogalhal presente em Exposição de Arte Sacra

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Mostrar de forma conjunta peças de arte sacra, das Dioceses de Lamego, Aveiro, Viseu e Guarda, é o grande objectivo da exposição itinerante que foi inaugurada esta sexta-feira, 9 de Julho, no Museu Diocesano de Lamego, com o tema “Diálogos. Na beleza das obras contemplamos a beleza do criador”. 

Numa iniciativa pioneira de colaboração, estas quatro Dioceses do centro do país mostram meia centena de peças de diversas tipologias, nomeadamente pintura, escultura, azulejaria, ourivesaria e paramentaria. 

A Diocese da Guarda estará representada nesta exposição com peças de arte sacra pertencentes ao Seminário da Guarda e às paróquias de São Vicente da Beira (Castelo Branco), São Gião (Oliveira do Hospital), Folgosinho (Gouveia), Vila Cova à Coelheira (Seia), Souto Maior (Trancoso), Escalhão (Figueira de Castelo Rodrigo), Vila Garcia (Guarda), Bendada (Sabugal),  Folhadosa (Seia) e Bogalhal (Pinhel), Desta paróquia da Unidade Pastoral de Pinhel está presente um Cristo do século XIV.. A imagem de Cristo Crucificado da Igreja Matriz do Bogalhal é não só a mais antiga escultura do património artístico existente no concelho de Pinhel, como uma peça de grande importância no património artístico Nacional, dada a sua datação recuada. Todo o corpo de Cristo é esculpido num único bolco de madeira.

As peças que representam a diocese da Guarda“São peças em alabastro, metal, calcário, marfim, madeira e papel dos séculos XIV, XV, XVI, XVII e XVIII”, disse Joana Pereira, da Comissão de Inventariação e Museologia (Departamento do Património, Cultura, Bens Culturais e Turismo da Diocese da Guarda), ao jornal A GUARDA. 

A exposição ficará três meses em cada uma das Dioceses. Depois de Lamego (9 de Julho a 15 de Outubro de 2021) transita para Aveiro (22 de Outubro de 2021 a 4 de Fevereiro de 2022) e depois para Viseu (18 de Fevereiro a 17 de Junho de 2022). A Guarda encerra esta primeira mostra interdiocesana de arte sacra, mostrando a exposição de 24 de Junho a 18 de Outubro de 2022, no Museu Diocesano da Guarda.

mais informação em Jornal A GUARDA ou em Diocese da Guarda