IGREJA: dia 13 de novembro celebramos o Dia mundial da pobreza

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

No dia 13 de novembro a Igreja celebra o VI Dia Mundial dos pobres, com o tema Jesus Cristo fez-Se pobre por vós (cf. 2 Cor 8, 9).

O Dia Mundial dos pobres é comemorada no 33º domingo do Tempo Comum desde 2017. Foi estabelecido pelo Papa Francisco na sua Carta Apostólica “Misericordia et Misera”, emitida em 20 de novembro de 2016 para comemorar o fim do Jubileu Extraordinário da Misericórdia.

Pode ler a mensagem do Papa para esta ocasião AQUI.

 

A pobreza aumentou em Portugal

A pobreza aumentou, em 2020, em Portugal, de acordo com dados da Pordata publicados do dia 17 de outubro, a propósito do Dia Internacional para a Erradicação da Miséria.

De acordo com estes dados, cerca de 4,5 milhões de portugueses tinham, naquele ano, rendimentos abaixo dos 554 euros mensais. Por outro lado, 40% das famílias portuguesas tinham rendimentos abaixo dos 830 euros.

No primeiro ano da pandemia, a pobreza em Portugal aumentou cerca de 12,5%, índice que tornou Portugal o 13º país mais pobre da União Europeia e o segundo com mais pessoas a viver em habitações com más condições – concretamente, uma em cada quatro casas.

Um outro dado preocupante é que, em 2021, cerca de 5,3% dos portugueses considerados pobres tiveram dificuldade em aquecer a casa, mesmo recebendo apoios sociais. Este número deverá subir este ano tendo em conta as previsões de subida da inflação (que não era tão alta – 9,3% – desde 1992). Este índice faz com que quem recebe o salário mínimo de 705 euros veja o poder de compra reduzido para os 639 euros, valor pouco acima dos 554 euros definidos para delimitar o risco de pobreza.

Do lado menos negativo desta realidade é que Portugal é dos países que mais refeições tem asseguradas para os mais pobres, graças a um conjunto de instituições de solidariedade.