2020: Um ano dramático no Santuário de Fátima

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

O Santuário de Fátima divulgou os números relativos às peregrinações de 2020, falando num ano “dramático”, com perda de peregrinos e de receitas por causa da pandemia.

“Apenas” 1.403.197 peregrinos participaram presencial-mente em 4.384 celebrações”, ao contrário dos mais de seis milhões que nos últimos anos têm acorrido àquele lugar de peregrinação.

O reitor do Santuário de Fátima sublinha que a queda de donativos se situou nos 49,15%, marcando um tempo “Difícil porque nos confrontou com a necessidade de fechar espaços vocacionados para acolher, para receber, para estarem abertos; difícil porque tivemos de celebrar pela primeira vez o 12 e 13 de maio sem presença física de peregrinos e o 12 e 13 de outubro apenas com 6 mil peregrinos no amplo recinto de oração; difícil ainda a nível económico, pois este lugar depende da presença e da generosidade de quem nos visita”, destacou o padre Carlos Cabecinhas, numa mensagem em vídeo.

Em 2020, Fátima esteve quase três meses sem peregrinos, de 14 de março a 30 de maio. O mês com mais peregrinos, no último ano, foi agosto, com 448 celebrações e 383 mil participantes.

O Santuário reforçou, por outro lado, a sua presença nas redes sociais, com mais de 1,2 milhões de seguidores no Facebook e 192 mil subscritores no YouTube (mais 127 mil que no início do ano de 2020), na sua maioria lusófonos.

Mais informação em Santuário de Fátima